Noite

Andara perdida e assim permanecera por longos meses, hibernada numa noite simultaneamente clara e escura, de tons monocromáticos. Ninguém a resgatara e a sensação de resigno começava a invadir-lhe o corpo. Sem alento nem direcção abandonava-se agora ao conformismo dos dias e do seu próprio corpo. A esperança começava a traí-la e não havia vislumbre de sol no lado nascente do céu.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s